Junta de Andalucía Instituto Andaluz del Patrimonio Histórico Consejería de Cultura Directorio Institucional de la Cultura
Activos Digitales IAPH
Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: https://hdl.handle.net/11532/361054
Título : SIG e história da arquitetura. Avanços no estudo das redes de caminhos da Península Ibérica do século XVI
Autor : Ferreira-Lopes, Patricia
Fecha: abr-2020
Descriptores tematicos: Arquitectura
Historia
Siglo XVI
Formato: .pdf
Editorial : Association for Computers and the Humanities (ACH), Alliance of DigitalHumanities Organizations (ADHO)
URL publicación: http://www.digitalhumanities.org/dhq/vol/14/2/000458/000458.html
Fuente : Digital Humanities Quarterly, 2020, nº 14(2)
Resumen : Pesquisas recentes estão demonstrando a potencialidade da aplicação dos Sistemas deInformação Geográfica (SIG) nos estudos culturais e históricos. Esses estudoscomprovaram os benefícios, a flexibilidade e, também, as dificuldades que o uso dessatecnologia da informação traz para a área de humanidades. Nas pesquisas desenvolvidasno campo da documentação do patrimônio, observou-se que grande parte delas defendem eafirmam as vantagens para realizar análises com os SIG mas não conseguem alcançá-lasporque ficam restringidas a usar a tecnologia apenas para geolocalizar umadeterminada informação. Esse problema merece especial atenção porque limita a geraçãodo conhecimento a partir dos dados coletados e tratados. O presente artigo propõe umexemplo de estudo que contempla a fase de digitalização e análise de uma importantefonte documental, cartográfica e literária da Espanha: o Repertório de todos oscaminhos de Espanha no ano de graça de 1546. A rede de caminhos existente no séculoXVI na Península Ibérica foi um dos principais fatores que favoreceram a consolidaçãodas atividades comerciais, o fluxo do conhecimento e das inovações técnicas construtivas nos novos centros urbanos criados. Propomos uma análise do impactodessas redes de comunicação, através de mapas temáticos, visualização porjustaposição, cálculo de densidades e cálculo do caminho de menor custo para estudaras conexões terrestres na Península. O resultado é a criação de um modelo de dadosespacial histórico capaz de inter-relacionar dados alfanuméricos e/oufísico-geográficos que possibilita uma nova perspectiva e fonte de informação para ospesquisadores e profissionais de diversas áreas.
Derechos: © Instituto Andaluz del Patrimonio Histórico
Derechos URL: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/deed.es
URI: https://hdl.handle.net/11532/361054
Aparece en las colecciones: Artículos en publicaciones seriadas
Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
SIGH_Ferreira_Lopes_DHQ_2020.pdf6,48 MBAdobe PDFVista previa
Ver

Los ítems de IAPH están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.

Ítems relacionados

Asociación Universitaria Fabricar e Investigar

Benítez de la Rosa, Manuel; Ruiz-Rosso Luna, Mónica; Díaz Alonso, Antonio; Ferreira-Lopes, Patricia; Adones del Barrio, Andrea; Crespo, Miguel; Pérez Cuesta, Sebastián